Atuações do Flamengo: Gabigol e Bruno Henrique decidem no Chile


Camisa 9 coloca para dentro suas duas primeiras finalizações, e ponta volta com movimentação intensa e duas assistências; confira todas as notas mais abaixo. 


O resultado manteve o rubro-negro na liderança do Grupo H com 100% de aproveitamento na Libertadores.



Bruno Henrique [ATA]


No retorno ao time após três jogos de ausência, movimentou-se muito bem e foi decisivo com duas assistências. Cometeu alguns erros que não costuma, mas todos por nítida falta de ritmo.
Nota: 7,0


Gabigol [ATA]


Em suas duas primeiras finalizações, guardou. Criou outras oportunidades, perdeu uma bem simples, mas se apresentou o tempo todo. Decisivo e agora o segundo brasileiro com mais gols na história da Libertadores.
Nota: 7,5


Lázaro [ATA]


Firmou-se como 12º jogador do Flamengo de Paulo Sousa. Fez o gol com bela finalização quando a Católica era bem melhor e, após marcá-lo, mostrou-se ainda mais comprometido na marcação. No final, ainda deu lindo passe para Diego dentro da área.
Nota: 6,5


Marinho [MEI]


Pelo seu lado, foi combativo na marcação e deu a assistência para Lázaro marcar. Em vez de acelerar, algo que irrita Paulo Sousa, conduziu a bola no tempo certo até encontrar o companheiro.
Nota: 6,0

Isla [LAD]


Gol contra, mal defensivamente e também sem o bom entrosamento com Isla ao atacar. Depois de três jogos bons, deixou furos e mostrou-se inseguro.
Nota: 4,0


Todas as notas:

  • Santos: 5,5
  • Willian Arão: 5,5
  • Pablo: 6,5
  • Filipe Luís: 6,5
  • Isla: 4,0
  • João Gomes: 6,0
  • Thiago Maia: 6,0
  • Bruno Henrique: 7,0
  • Everton Ribeiro: 5,5
  • Arrascaeta: 6,5
  • Gabigol: 7,5

Entraram:

  • Andreas Pereira: 4,5
  • Diego: 5,0
  • Lázaro: 6,5
  • Marinho: 6,0
  • Pedro: 6,0



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem