O Flamengo vai abrir as portas do centro de treinamento para reunião entre jogadores e líderes de torcidas organizadas na próxima quinta-feira. Foi o combinado entre o vice de futebol, Marcos Braz, e os torcedores nesta segunda-feira após o elenco desviar de rota e não passar pelos protestos previstos para o embarque para Lima, domingo, onde a equipe estreia na Libertadores. Os jogadores não foram consultados.

A decisão do vice de futebol não passou por outros poderes do clube, que já tiveram posicionamentos contrários a esse tipo de abertura desde o início da gestão Landim. Marcos Braz está no Rio de Janeiro e não seguiu com a delegação para Lima, no Peru, onde o Flamengo estreia na Libertadores nesta terça-feira, diante do Sporting Cristal.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

mgid

mgid