Vampeta critica trabalho de Paulo Sousa no Flamengo e ironiza dependência com Jorge Jesus: 'Traz de novo'


Apesar da classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil, na vitória por 2 a 0 sobre o Altos-PI, na última quarta-feira (11), no Raulino de Oliveira, o desempenho do Flamengo não surpreendeu o comentarista Vampeta, da "Jovem Pan". Nesta quinta, o ex-jogador afirmou que o Rubro-negro precisa demitir Paulo Sousa e acertar o retorno de Jorge Jesus.

"Essa pressão, principalmente porque o 'JJ' [Jorge Jesus], o 'Joãozinho 30' do Carnaval veio no Carnaval e deixou a fumaça. Foi embora. Você vê que o Flamengo ganhou com um time em que não estava o Bruno Henrique e o Arrascaeta. Não estavam os principais jogadores. Ainda assim, ganhou. Houve uma pressão [da torcida, no estádio] na diretoria. Se eu sou o dirigente do Flamengo, tem que acabar isso um dia. A oportunidade está aí. A bola está quicando. Quanto é a multa [do Paulo Sousa]? Agora a torcida quer", diz Vampeta na 'Jovem Pan'.
"Eu estou presidente, estou dirigente. A torcida está sempre. Sei que a voz do povo é a voz de Deus, mas é mentira. O povo erra. Soltaram Jesus ao Barrabás. Mandaram Barrabás embora e mataram Jesus. Votaram no Hitler. O povo erra. Quer errar? Se eu sou o presidente do Flamengo, é pressão. Em dois anos, foram quatro treinadores. Mete o quinto. Não queriam pagar R$ 40 milhões no Andreas? Tira R$ 20 milhões, paga [o Paulo Sousa], e traz o 'Joãozinho 30' [Jorge Jesus] de novo aí. Se der certo, 'eu sou o presidente', se der errado… Tá aí", concluiu.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem