anúncio


Segundo análise da Comissão de Arbitragem da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), a árbitra de vídeo de Internacional x Flamengo,
 no último sábado, Daiane Caroline Muniz dos Santos (Fifa/SP), deveria ter recomendado ao árbitro Braulio da Silva Machado (Fifa/SC) a revisão do lance entre Gabriel Mercado e Gabigo. No lance, o Flamengo reclamou de pênalti.

O lance ocorreu no início do segundo tempo, quando o Internacional vencia por 1 a 0. Em bola levantada na área, há o choque entre o zagueiro colorado e o atacante rubro-negro. Confira parte do diálogo entre os árbitros, que não entenderam o lance como faltoso.

Árbitra de vídeo: "O defensor busca uma referência. Está com o braço dele. Não tem gatilho, não tem jogada faltosa. Pode jogar."

Árbitro: "O adverti para ter mais cuidado."

Na vitória por 3 a 1 do Internacional, no Beira-Rio, outro lance teve atuação do árbitro de vídeo: o pênalti marcado a favor do Colorado.

Sobre o lance envolvendo Matheuzinho, do Fla, e Pedro Henrique, do Inter, a comissão não informou se considera um erro o VAR não ter recomendado a revisão, julgando o lance como "interpretativo".

O VAR também analisou que não houve impedimento no início da jogada e que o contato entre os atletas ocorreu dentro da área.

VAR: "Bastante claro que ele calça. É perna direita com perna direita. Bráulio, pênalti checado e confirmado".
Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio tt