Cenário perfeito perfeito para Cebolinha estrear

Era o cenário perfeito para a estreia de Everton Cebolinha, que entrou no lugar de Pedro no intervalo. Dorival fez mais mudanças e rodou ainda mais o elenco, com as entradas de jovens como Matheus França, Victor Hugo e Lázaro, que no fim marcou o quarto gol do Flamengo, de cabeça após assistência de Cebolinha.

Foi o melhor lance o estreante, que tentou alguns dribles, por pouco não fez um gol, mas ainda mostrou falta de ritmo. Tem tudo para evoluir muito e ajudar bastante o time com suas principais características, a velocidade e a capacidade de jogo no 1 x 1.

O Flamengo vai muito fortalecido da passagem por Brasília e com a certeza de que encontrou com Dorival um rumo a seguir, principalmente no empenho e organização do time para reproduzir algo que fez muito bem em 2019, a pressão para retomar a bola assim que perder a posse.

O números ofensivos estão bons, e refletem também na defesa. Nos oito jogos que fez com Dorival, o goleiro Santos levou apenas três gols.

- A nossa retomada na grande maioria acontece no campo ofensivo, o que vai filtrando as jogadas. E quando chega para a nossa última linha já chega mais mascada. Esse combate dos atacantes, ataque ao homem da posse de bola, isso tem contribuído consideravelmente para uma melhora da nossa equipe. Já são algumas partidas sem sofrer gol, o que é importante - disse o treinador.

O Flamengo volta a campo no próximo domingo, contra o Avaí, em Santa Catarina.