Acostumado a ser tratado como uma joia desde muito novo, Lázaro, de 19 anos, dá sinais de que vai encontrar seu espaço no Flamengo, na terceira temporada como profissional. Em sete jogos disputados este ano, ele conquistou a admiração do técnico e lidera o elenco no quesito assistências: 4.

Domingo, no empate em 2 a 2 com o Resende, Lázaro teve mais uma oportunidade de entrar em campo e fez bem seu papel. Ao todo, já são 363 minutos em dois meses desta temporada. Com Paulo Sousa, o então atacante virou ala-esquerdo correspondeu e se destacou pela capacidade física de fazer a recomposição defensiva e ajudar no setor de criação.

- Estou aproveitando as oportunidades não só nos jogos, mas também nos treinos. Pelo lado esquerdo me sinto mais tranquilo para jogar, na direita ficou meio tortinho (risos). Mas se for na direita, sem problema. O importante é sempre ir bem. Cada trabalho que o mister passa eu procuro aprender. Estou feliz com meu rendimento, mas não satisfeito - disse à FlaTV.

Além dos jogos no Carioca, Lázaro teve a chance de atuar na Supercopa, contra o Atlético-MG. Ele entrou aos 37 minutos do segundo tempo, deu assistência para Bruno Henrique e converteu sua cobrança de pênalti, a primeira do Flamengo na disputa.

Paulo Sousa, que pediu a permanência de Lázaro no grupo principal do Flamengo, elogiou a dedicação do garoto para cumprir as determinações dadas por ele.

- Ele tem entrado muito atento, muito focado e seguido as indicações de uma forma clara, por isso tem suas oportunidades jogando de início ou entrando. Tínhamos referências dele da base, visuais e escritas - afirmou o treinador.



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio