Flamengo é o clube fora da Europa que mais lucra com venda de joias da base

 


Além dos grandes times formados recentemente no profissional, o Flamengo também é muito conhecido por sua força nas categorias de base. Tendo grandes nomes recentes que despontaram na Europa, como Vinícius Junior e Lucas Paquetá, o Rubro-negro é o clube fora da Europa que mais lucra com transações de jovens jogadores.

O apontamento feito pelo Centro Internacional de Estudos Esportivos calcula a soma de todas as transferências realizadas pelos clubes desde 2015. O Flamengo aparece em 15º no ranking, com arrecadação em 147 milhões de euros (aproximadamente R$ 850 milhões na cotação atual).
Do montante indicado, a maior parte é referente ao negócio envolvendo o jovem Vinícius Júnior, vendido ao Real Madrid em 2018 por 45 milhões de euros. Lucas Paquetá, vendido ao Milan, Reinier, ao Real Madrid, e Jorge, ao Monaco, são outros exemploes de grandes contribuições.
Com a posição na "classificação" de transferências dos atletas da base, o Flamengo lidera fora do eixo europeu. Se tratando da América do Sul, o River Plate-ARG é a segunda equipe a aparecer, na 27ª posição, tendo embolsado R$ 115 milhões. Na sequência, o Santos soma 113 milhões de euros, tendo o Rodrygo como a principal referência.
CLUBES QUE MAIS FATURARAM COM REVELAÇÕES DESDE 2015 (MILHÕES DE EUROS):

1º: Benfica – 379 milhões
2º: Real Madrid – 330 milhões
3º: Mônaco – 285 milhões

15º: Flamengo – 147 milhões                                                                                                                27º: River Plate - 115 milhões
28º: Santos – 113 milhões
29º: Grêmio – 112 milhões
30º: Fluminense – 109 milhões

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem