Por festa pela volta ao Maracanã, Flamengo fará promoção; sócio paga R$ 12 no ingresso mais barato

 


A última partida do Flamengo na Taça Guanabara, contra o Bangu, marcada para o próximo sábado, às 19h30, no Maracanã, não terá influência na classificação final. O clube, porém, pretende causar impacto com "promoção agressiva" para ter casa cheia no primeiro jogo realizado no estádio após fechamento de três meses para reformas.

A fim de promover festa pelo retorno ao Maraca e pela estreia do novo gramado, agora híbrido (90% de grama natural e 10% sintética), a diretoria cobrará R$ 12 nos setores Norte e Sul para sócios-torcedores do Flamengo. O preço para torcedores em geral é de R$ 30 (R$ 15 a meia-entrada).

O Flamengo não joga no Maraca desde 6 de dezembro de 2021, quando foi derrotado por 1 a 0 pelo Santos, pela penúltima rodada do último Campeonato Brasileiro.

Sócios-torcedores do Flamengo, aliás, têm desconto superior a 50% em todos os setores (30% em cima do valor da meia-entrada).

Confira os preços:

Norte/Sul (destinados à torcida do Flamengo): R$ 30/R$ 15 (meia-entrada)/R$ (12 sócio-torcedor).
Leste Superior - R$ 40/R$ 20 (meia-entrada)/R$ 16 (sócio-torcedor).
Leste Inferior e Oeste Inferior: R$ 50/R$ 25 (meia-entrada)/ R$ 20 (sócio-torcedor).
Maracanã Mais: R$ 170/R$ 122,50 (meia)/R$ 100 (sócio-torcedor).
Parte do Setor Sul destinado à torcida do Bangu: R$ 30/R$ 15 (meia-entrada).


"Véu de noiva" e reabertura dentro do prazo

Além do novo gramado, o Maracanã voltará a ter a rede "Véu de Noiva", tradicional no estádio que já foi conhecido como o Maior do Mundo.

A reforma do gramado foi concluída dentro do prazo, inicialmente previsto para 90 dias. A remoção da grama anterior começou a ser realizada em 10 de dezembro de 2021, um dia após o término do Campeonato Brasileiro (o Fluminense venceu a Chapecoense por 3 a 0 na véspera).

A expectativa era de que o Maracanã fosse liberado somente para as semifinais do Campeonato Carioca, mas no último fim de semana foi definido que a reabertura do estádio se daria no jogo entre Bangu e Flamengo. Em dezembro, quando anunciou a reforma, a administração do Maracanã divulgou nota oficial com detalhes técnicos. Leia abaixo e confira vídeo da FLA TV na sequência:

A GRAMA HÍBRIDA

"O Sistema Grassmax combina grama natural com fibras sintéticas, para garantir consistência ao longo da temporada. Ou seja, é grama 100% natural do tipo bermuda celebration, reforçada por fibras de polietileno, que são injetadas a 18 centímetros de profundidade e dois centímetros sobre a superfície do campo. A tecnologia desse sistema faz uma "costura" entre os fios sintéticos e a grama natural, por meio de um equipamento especial.

Primeiro, temos a retirada de 15 centímetros do atual gramado, depois vem a limpeza de toda a área e a preparação para recebimento de nova camada de areia com granulometria adequada e uniforme. Em seguida, é feito o nivelamento a laser da nova camada de areia com a conferência dos caimentos. Por último, se faz o plantio do gramado em sprigs, mudas de grama formadas por folhas, raízes, estolões e rizomas sem a presença de solo. Após alguns dias do plantio e da formação do gramado novo, inicia-se o trabalho da costura dos fios no solo.

Esse sistema assegura superfície sempre uniforme, tem maior eficácia e resistência ao pisoteio, sustenta mais horas de jogo por ano do que a superfície clássica que não é reforçada e é responsável não só pela drenagem, como também por regular a quantidade de água e temperatura do solo, melhorando as condições para crescimento da grama".

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem