Pedro volta a jogar 90 minutos após um mês, e confiança da comissão renova esperanças no Flamengo


Um dos principais centroavantes do Brasil e jogador citado frequentemente por Tite, Pedro vive ano de instabilidade no Flamengo. No sábado, na derrota para o Athletico-PR, voltou a atuar por 90 minutos, algo que só aconteceu em três oportunidades sob orientação de Paulo Sousa. E, após papos entre os dois, há expectativa por mais minutos.

Ainda em Portugal dias após acertar com o Flamengo, o treinador verbalizou que daria mais chances ao camisa 21 e que viabilizaria uma parceria com Gabigol. Houve tentativas, mas um misto de decisões da comissão e de atuações abaixo da média por parte do jogador acabaram freando o projeto do português.

Para fazer valer a confiança que Paulo tinha em Pedro desde os tempos de Bordeaux - pediu a contratação do atleta quando ele defendia o Fluminense -, treinador e jogador bateram papos recentemente.

O último deles aconteceu antes da derrota para o Athletico-PR. Paulo elogiou o nível dos treinamentos de Pedro e também a evolução do atleta no aspecto mental. Sabe-se que o atleta ficou mexido com o constante interesse do Palmeiras e diante das poucas oportunidades no início de 2022.

Depois do jogo com outro Atlético, o Goianiense, na estreia pelo Brasileiro, foi Pedro quem procurou Paulo. A conversa foi no sentido de ajustar pontos que lhe permitiriam melhorar tecnicamente e ter uma adaptação melhor ao sistema do português.

Os dois papos e a confiança da comissão técnica renovaram as esperanças do centroavante no Flamengo.



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem