anúncio



As declarações dadas pelo técnico Paulo
Sousa após a vitória do Flamengo sobre a Universidad Católica, na última terça-feira, no Maracanã, escancarou de vez o atrito entre o treinador e o goleiro Diego Alves. Segundo o site "GE", o camisa 1 ficou revoltado com o português por dizer que ele procurou Bruno Spindel para se colocar à disposição para atuar na partida, mesmo sem ter treinado nos últimos dias por conta de uma pubalgia.

"Se vocês verificarem o que são dores no púbis e o tempo que leva para recuperação, não pode ser de um dia para o outro. Ou por uma reunião que teve com o Bruno Spindel na hora do almoço. E que rapidamente se recuperou e podia estar disponível para jogar", declarou Paulo Sousa.
Nesta quarta-feira, mesmo com a folga para o restante do elenco, Diego esteve no Ninho do Urubu para continuar seu tratamento e não escondeu seu descontentamento com a postura do treinador. O jogador, inclusive, cobrou um esclarecimento público do clube sobre a reunião que teve com o diretor Bruno Spindel, onde ele afirma ter dito que não teria condições de jogar, ao contrário do que foi falado por Sousa.
Segundo o veículo, Bruno Spindel confidenciou a pessoas próximas que o posicionamento de Diego Alves realmente foi contrário ao que foi levantado por Paulo Sousa em sua coletiva. No entanto, o dirigente se recusa a comentar o caso publicamente.
Desde a chegada de Paulo Sousa, Diego Alves vem perdendo espaço com Paulo Sousa, que só utilizou o goleiro em duas partidas no ano. A relação do camisa 1 com o preparador de goleiros, Paulo Grilo, também não é das melhores.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio tt