Jorge Jesus diz que Flamengo foi o auge da carreira: "Nunca tinha ouvido jogadores dizerem que me amavam"


O "Bem, Amigos!" recebe na próxima segunda-feira o técnico Jorge Jesus, que fez história no Flamengo entre junho de 2019 e julho de 2020. Na entrevista a ser exibida no programa que começará às 22h de segunda, no sportv, o treinador explicou a sua relação com o clube.

Jorge Jesus reconheceu sua forte ligação com o Benfica, destacando que conquistou 10 títulos no comando da equipe de Lisboa. No entanto, o técnico diz que jamais viveu um momento tão marcante quanto a sua passagem pelo Flamengo.

- Foi o auge da minha carreira, em todos os aspectos. A minha passagem no Flamengo para mim é histórica. Não só pelos títulos que ganhamos, mas pela relação que tive com os jogadores. Eu nunca tive uma equipe em que nós estivéssemos tão ligados e que eu senti que eles gostavam tanto de mim. Nunca tinha ouvido os meus jogadores dizerem que me amavam. Foi uma sintonia muito forte.

Sobre o futuro, o treinador deixou claro na entrevista que pretende voltar a trabalhar no Brasil, porém evitou responder diretamente sobre um retorno imediato ao Flamengo. Quando Galvão Bueno questionou se ele aceitaria a volta ao clube, Jesus respondeu da seguinte forma.

- É uma pergunta muito complicada do ponto de vista profissional e ético. Aquilo que mais quero é que o Flamengo ganhe os objetivos que merece ter, e eu vou seguir a minha carreira. Posso ser treinador do Flamengo daqui a, sei lá, um ano, dois anos. Agora eu sou um treinador livre, posso escolher quem eu quiser. Daqui a um mês ou dois, se calhar, eu já não sou um treinador livre. Que na minha cabeça está voltar a vir ao Brasil treinar, está.

Jorge Jesus explica saída polêmica do Benfica em meio a assédio do Flamengo em Dezembro

No momento, Jorge Jesus aguarda o encerramento da temporada europeia, no fim deste mês, para decidir os próximos passos da sua trajetória profissional.

- Quando eu chegar a Portugal, vou começar a conversar o que vou fazer da minha vida. Inclusive uma equipe, que é o Fenerbahçe, está à espera que eu chegue a Portugal. Não sei o que vai acontecer, mas vou ter que começar a ter decisões.

Na última quinta-feira, o UOL publicou que Jesus estabeleceu um prazo até o dia 20 para receber proposta do Flamengo. A notícia agitou os bastidores do clube e despertou reação de Hugo Cajuda, empresário do atual técnico rubro-negro, Paulo Sousa. Em nota, o agente acusou Jorge Jesus de "falta de ética, profissionalismo e respeito". O presidente Rodolfo Landim descartou o retorno do treinador.

Após a publicação do UOL, Paulo Sousa recebeu mensagens de apoio de mais de 30 profissionais do futebol, entre eles o técnico português mais conhecido do mundo, José Mourinho, atualmente na Roma.

1 Comentários

  1. Hoje Flamengo é um time medíocre, de um técnico fraco e burro, só os dirigentes não vêm isso, o que é uma pena!!!

    ResponderExcluir
Postagem Anterior Próxima Postagem