De virada, o Flamengo conseguiu uma vitória importante na partida de ida da Copa do Brasil ao bater o Altos-PI por 2 a 1. Na saída de campo, Pedro, autor de um dos gols do Rubro-Negro, abordou sobre rumores de saída e minimizou poucas chances do time titular.


- As pessoas querem ditar o que eu devo fazer ou não. A carreira é minha, quem manda sou eu. Claro que jogar poucos minutos não é o que eu gosto, não é o que eu quero, mas o Paulo (Sousa) tem conversado comigo para ditar o que eu devo fazer em campo. O que eu devo fazer é e o que tá no meu alcance, que é trabalhar, dar o meu melhor no dia a dia. É o que eu venho fazendo, focando no meu trabalho. No meio do ano a gente conversa, vê o que é melhor para todos nós. Sempre que eu estiver aqui no Flamengo, vou dar a minha vida. Agradeço muito o carinho dos torcedores, o carinho de todos que o Flamengo sempre me deu.

Alvo do Palmeiras, Pedro esteve no banco para Gabigol em muitas partidas no ano. O clube paulista sondou o atacante, mas o Flamengo rejeitou a possibilidade de uma saída.

O Altos abriu o placar com golaço de bicicleta marcado por Manoel, mas o Flamengo arrancou a virada com Pedro e João Gomes, e leva a vantagem para o Rio de Janeiro.

- É uma boa equipe, um campo difícil, uma grama diferente, alta. A gente tem que focar no nosso e fazer o nosso melhor.

Flamengo e Altos-PI disputam a partida de volta às 16h do dia 11 de maio, quarta-feira, no Maracanã.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

mgid

mgid