STJD aceita pedido do Athletico, e Gabigol e Arrascaeta podem desfalcar Flamengo na Copa do Brasil


O Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) aceitou o pedido de reconsideração feito pelo Athletico-PR. Com a decisão, a entidade acusou Gabigol e Arrascaeta. O camisa 9 do Flamengo foi denunciado por agressão, enquanto o uruguaio por jogada violenta. O julgamento acontece na terça-feira (15), antes do jogo da volta das quartas da Copa do Brasil. A notícia é da jornalista Raisa Simplicio, do GOAL.

De acordo com os laudos do próprio STJD, o Athletico-PR solicitou punição a Gabigol, pelo o que chamou de ‘agressão praticada em Fernandinho’. Já Arrascaeta, ‘por entrada violenta no adversário Erick’. Além disso, o clube curitibano pediu que o Flamengo também seja punido, uma vez em que os atletas são vinculados ao clube. O pedido foi encaminhado para a Procuradoria da Justiça Desportiva.

Os dois atletas serão julgados na próxima semana, no dia 16 de agosto, véspera do jogo da volta. Caso seja punido, Gabigol pode pegar até 12 jogos de suspensão. Enquanto, para Arrascaeta, caso condenado, a penalidade será de no máximo seis partidas. Por isso, os dois jogadores correm o risco de desfalcar o Flamengo na sequência da Copa do Brasil. Os episódios que são citados no processo aconteceram no duelo de ida, no Maracanã, no dia 21 de julho, que gerou polêmica em relação às condutas do time de arbitragem.

O duelo de volta da competição entre Athletico-PR e Flamengo, pelas quartas de final, acontecerá na quarta-feira, 17 de agosto, às 21h30 (horário de Brasília). Lembrando que não há vantagem para nenhum dos lados no jogo da Arena da Baixada, já que a ida terminou em 0 a 0. O Coluna do Fla, como de costume, estará responsável pela transmissão mais rubro-negra do confronto na internet, pelo Youtube.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem