Ticker

6/recent/ticker-posts

'Antigo desejo' do Flamengo é desligado de clube e está livre no mercado


O técnico português Carlos Carvalhal está livre no mercado. De acordo com informações do diário Record, de Portugal, o profissional foi informado oficialmente pelo Al-Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, que não seguirá no comando da equipe.

Curiosamente, a notícia surge um dia após o Al-Wahda, ainda sob o comando de Carvalhal, vencer a primeira partida no campeonato local. Após um empate e duas derrotas, a equipe goleou o Al-Bataeh por 4 a 0.

Carvalhal chegou ao clube em julho e tinha contrato até o final da temporada 2022/23. Nos últimos meses, o português foi forte alvo de equipes como Flamengo e Atlético-MG. No entanto, não houve avanço nas conversas, e o técnico permaneceu no Braga, equipe que dirigia até junho deste ano.

A primeira vez que Carvalhal entrou na mira do Flamengo foi para a vaga de Jorge Jesus. Ele era a prioridade do clube carioca, mas, por conta da pandemia, decidiu ficar em Portugal. Depois, o Rubro-Negro o colocou opção para a vaga de Renato Gaúcho, que deixou a equipe ao final de 2021.

Na época, o português não descartou uma vinda ao Brasil, mas deixou a decisão nas mãos do Braga, que exigia o pagamento integral da multa, o que dificultou a saída.

“Tenho contrato com o Braga. Eu já tive várias abordagens, não sei se tiveram seguimento ou não. Eu sempre digo que tenho contrato com o Braga. Não há possibilidade de ter acordo comigo, o acordo tem que ser com o Braga”.

“Estou nas mãos do presidente. A partir daí não tenho nada a acrescentar. Estou focado no meu trabalho. Estou focado no jogo de amanhã. As notícias que vêm, umas são verdades outras são especulações. Mas isso faz parte da vida de quem vive no futebol”, disse Carvalhal durante coletiva ainda em dezembro de 2021.

Após o fracasso nas negociações com Carvalhal, o Flamengo optou por Paulo Sousa, que na época estava no comando da seleção da Polônia.