'Postura de Capitão'; David Luiz assumi papel de protagonismo nos backstage do Flamengo


A definição de Dorival Júnior ajuda a entender a importância de David Luiz para este Flamengo que está a 90 minutos de reencontrar o caminho dos troféus após as frustrações de 2021. Se a temporada ficará marcada pela recuperação sob o comando do treinador e pela volta por cima de Pedro, o zagueiro divide com a dupla o protagonismo como a peça que mantém o equilíbrio e indica caminhos nos bastidores do Ninho do Urubu.

Na hierarquia da faixa de capitão, David Luiz é apenas o terceiro entre os titulares, atrás de Everton Ribeiro e de Gabriel. No vestiário, porém, habitualmente é dos que tem voz mais ativa. Se multiplica no papel de agregador entre as diferentes personalidades e afinidades normais em um elenco com 30 jogadores, é praticamente um mentor dos mais jovens e usa toda experiência de uma década e meia de Europa em um tom ajustado entre cobrança e carinho.

Foi David Luiz quem aumentou o volume do sinal de alerta ainda no fim da temporada passada ao cobrar amadurecimento e mudança de postura após os vices da Libertadores e do Brasileirão. Fosse no microfone ou no vestiário, o defensor entendeu que era necessário subir o tom para que o 2022 rubro-negro fosse diferente. Tem dado certo.

- No futebol você tem quer ter brio, força de vontade e esse grupo precisa amadurecer e crescer. São essas as lições para o ano que vem - disse em entrevista na ocasião antes de fazer discurso ainda mais firme no vestiário.
Postagem Anterior Próxima Postagem

Join