Empresa asiática gera especulações sobre contrato curto entre Flamengo e BRB

Cassia Marinho

Flamengo e BRB avançam no projeto de banco digital e renovam contrato por seis meses

Na última sexta-feira (7), o Flamengo e o Banco de Brasília (BRB) anunciaram a renovação do contrato de patrocínio. O BRB é patrocinador master do clube desde julho de 2020 e o novo acordo terá duração de apenas seis meses. Apesar da curta extensão, o Flamengo receberá um valor maior em comparação ao contrato anterior no mesmo período. Além disso, o banco passará a patrocinar também as categorias de base e o time feminino do clube. No entanto, especula-se que a razão por trás da escolha de um contrato mais curto esteja relacionada ao interesse de uma montadora asiática.

Segundo informações do Paparazzo Rubro-Negro, fontes próximas à diretoria afirmam que uma montadora asiática manifestou interesse em ocupar o espaço de patrocínio master atualmente ocupado pelo BRB. Caso o negócio se concretize, o banco não deixaria de patrocinar o Flamengo, mas sim mudaria de local na camisa, mantendo seus vínculos com o clube. Vale ressaltar que o Flamengo e o BRB têm um projeto em conjunto para a criação de um banco digital.

Entre os torcedores do Flamengo, especula-se sobre quais montadoras asiáticas estariam interessadas no patrocínio. Além das mais conhecidas, como Hyundai, Toyota, Mitsubishi e Honda, os rubro-negros também levantam o nome da BYD. A empresa chinesa tem ganhado espaço no mercado brasileiro e recentemente anunciou um investimento de R$ 3 bilhões em Camaçari, na Bahia, com previsão de operação a partir do segundo semestre de 2024, assumindo uma antiga fábrica da Ford.

Com o novo acordo entre Flamengo e BRB, o clube receberá R$ 22,5 milhões durante o período de seis meses. Apesar de ser um contrato de menor duração, o Flamengo ganhará mais dinheiro do que no contrato anterior, que era de R$ 16 milhões para o mesmo período. Além disso, o BRB estampará sua marca nas camisas do Flamengo nas categorias de base (sub-17 e sub-20) e no time feminino, destinando R$ 2,5 milhões para essas categorias.

continue lendo

#buttons=(Aceitar!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais
Accept !