Técnico Jorge Sampaoli aciona a Justiça contra Neto por declarações racistas

Cassia Marinho

 Jorge Sampaoli processa Neto por acusação de racismo e busca indenização de meio milhão de reais

A polêmica entre o técnico Jorge Sampaoli e o apresentador Neto ganhou um novo capítulo. Segundo informações do jornalista Gabriel Vaquer, Sampaoli, atual treinador do Flamengo, decidiu entrar com duas ações na Justiça contra Neto, ex-jogador e ídolo do Corinthians. O argentino está buscando uma indenização por dano moral no valor de meio milhão de reais.

A controvérsia teve início quando Neto acusou Sampaoli, no dia 18 de abril, de ser racista. O apresentador da Band afirmou que o treinador argentino tratava mal um funcionário do Santos, clube pelo qual Sampaoli passou anteriormente. Além disso, Neto proferiu ofensas contra Sampaoli em rede aberta, gerando repercussão na mídia esportiva. Relembre as declarações:

"Ele foi racista no Santos, nunca cumprimentou ninguém, nunca falou português. Esse baixinho, idiota. Isso aí é uma vergonha, pi*** pequeno, não sabe nada de bola. É uma vergonha o Flamengo contratar um cara desse", disse Neto na ocasião.

Diante dessas acusações, Jorge Sampaoli decidiu tomar medidas legais e entrou com dois processos contra Neto: um cível e outro criminal. No processo cível, o treinador está exigindo uma indenização de R$ 500 mil por danos morais. Além disso, Sampaoli quer que Neto seja condenado a se retratar ao vivo diante das falsas acusações feitas contra ele. Os processos correm no Tribunal de Justiça de São Paulo, porém ainda não há uma data definida para o julgamento.

continue lendo

#buttons=(Aceitar!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais
Accept !