Lorran Presta Homenagem ao Adolescente Morto em Confronto com a PM

Cassia Marinho

**Futebol como Manifestação e Liberdade de Expressão: Lorran Homenageia Causa Justa de Thiaguinho após Vitória do Flamengo no Sub-20**

No cenário esportivo, o futebol transcende as fronteiras do campo, transformando-se em uma poderosa plataforma de manifestação e liberdade de expressão. Ao longo da história, torcedores e jogadores têm utilizado o esporte como meio para dar voz a causas nobres e emergentes. Um testemunho vivo dessa relação entre futebol e questões sociais é a força das torcidas jovens em todo o Brasil, enraizadas em movimentos políticos que se entrelaçam com a paixão pelo esporte. Recentemente, o jovem Lorran, representante do Flamengo no Sub-20, realizou uma comovente homenagem à justa causa de Thiaguinho, demonstrando que o futebol é, além de tudo, um veículo de conscientização e mobilização social.

A celebração da classificação do Flamengo para a grande final do Brasileiro Sub-20 ganhou um tom mais profundo e significativo graças a Lorran. Vestindo uma camisa que ostentava a imagem da criança de 13 anos, Thiaguinho, o jogador demonstrou solidariedade à tragédia que abalou a Cidade de Deus durante a semana. A criança perdeu a vida em meio a uma operação policial que resultou em um trágico episódio. O ato de Lorran reflete a interconexão entre o esporte e as questões sociais que permeiam as comunidades ao redor do país.

Thiaguinho foi vítima de uma ação policial que culminou em sua morte na Cidade de Deus. O tio da vítima, Hamilton Bezerra Flausino, relatou em entrevista ao jornal O Globo os detalhes da trágica abordagem: "Já era um pouco tarde, meia-noite e um pouquinho. Thiaguinho estava passeando de moto com um amigo, saindo da Cidade de Deus, quando foi abordado já a tiros. Não teve blitz, era uma daquelas abordagens que o policial faz a tiro. Com isso, um tiro pegou na perna, e o Thiaguinho caiu." A brutalidade do incidente chocou a comunidade e sensibilizou o país.

Lorran, por meio de sua ação simbólica, estampou em sua camisa as palavras "Thiaguinho eterno" e "nunca será esquecido". Além disso, ele fez um apelo veemente por justiça nas redes sociais, reforçando que o episódio não será apagado da memória coletiva: "Justiça, não se esqueça! Porque nós jamais esqueceremos". Nesse gesto, o jogador do Flamengo transcendeu a esfera esportiva e posicionou-se como voz de apoio à família de Thiaguinho e aos que anseiam por justiça e mudanças em relação à violência policial.

A homenagem de Lorran ganha ainda mais relevância ao ser contextualizada pela vitória do Flamengo sobre o Santos, com um placar total de 5 a 2, incluindo a vitória na partida de ida por 2 a 1. Petterson foi o autor de dois gols, enquanto Werton contribuiu com mais um, solidificando a classificação do Flamengo para a grande final. A contribuição de Lorran, mesmo sem balançar as redes nesse jogo, transcendeu as quatro linhas do campo, ao promover conscientização e reflexão sobre questões sociais importantes.

Na iminente final do torneio Sub-20, o Palmeiras é o provável adversário do Flamengo. Com o Corinthians em desvantagem na outra semifinal após uma derrota por 5 a 1 para o rival paulista, o Palmeiras se aproxima da decisão. Nesse contexto, Lorran e sua equipe estarão não apenas competindo pelo título, mas também inspirando e reforçando a mensagem de que o futebol é um veículo poderoso para transmitir valores, conscientizar e unir em torno de causas relevantes para a sociedade.

#buttons=(Aceitar!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais
Accept !