Arão ser titular do Flamengo hoje é uma aberração de Paulo Sousa' "Opinião"


Nem o gol da vitória por 1 a 0 contra o Vasco, ontem (20), no Maracanã, que colocou o Flamengo na final do Campeonato Carioca, diminui a cobrança sobre William Arão neste início de temporada na Gávea. Apesar do gol que tranquilizou a semifinal contra o rival, o experiente volante rubro-negro tem sofrido na marcação e recebido críticas da torcida e da imprensa.

O jornalista André Rocha não poupou Arão, apesar de reconhecer a importância do gol contra o Vasco na classificação.

Na opinião do jornalista, o problema das atuações de Arão está na proteção ao sistema defensivo da equipe. Rocha destacou o excesso de espaço que o volante deu ao veterano Nenê, que teve ao menos três finalizações com perigo de gol na entrada da área, como um sintoma da fragilidade da equipe quando ele está em campo.

Como já tinha acontecido no outro jogo, o Arão deixou as costas de novo pro Nenê, isso aí é um problema para o Paulo Sousa. Para o que ele quer, é uma aberração o Arão estar em campo como titular. Por uma avaliação técnica e tática, é uma aberração", afirmou Rocha.

Segundo o colunista, o Flamengo tem oscilado bastante nos 12 primeiros jogos sob comando de Paulo Sousa, que continua mexendo e fazendo experiências na equipe. Até a decisão do estadual, diz Rocha, o futebol precisa melhorar.


"Para uma equipe que está tendo tempo, está muito inconstante. Às vezes a jogada sai, às vezes não sai, o trabalho deveria ser manter o que funciona e tentar aprimorar o que não está dando certo, mas com tantas mudanças, acaba ficando tudo meio aleatório. Você não vê uma evolução gradual, vai ter mais um tempo para trabalhar, mais de 10 dias para começar as finais do estadual, o Flamengo tem obrigação de jogar melhor."

Em busca do inédito tetracampeonato carioca, o Flamengo aguarda o resultado da outra semifinal, entre Fluminense e Botafogo, para saber quem encara na decisão do estadual.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem