Um torcedor da Universidad Católica foi flagrado imitando macaco no jogo contra o Flamengo, na noite desta quinta-feira, no Chile. Ele fez os gestos em direção aos torcedores rubro-negros presentes ao confronto. O time brasileiro venceu por 3 a 2, pela terceira rodada da Libertadores.


Localizados num canto do estádio, os torcedores do Flamengo também foram alvo de arremessos de latas, objetos e até sinalizadores dentro do estádio.

Não é o primeiro incidente que envolveu a Católica nesta semana. No clássico contra o Colo-Colo - que terminou 1 a 1 no fim de semana -, houve briga na arquibancada e outros incidentes, como acusação de furto no vestiário. O clube "cacique" (Colo-Colo) protestou contra o tratamento no San Juan de Apoquindo.

Cenas que se repetem

É o quarto jogo envolvendo clubes brasileiros nesta semana com gestos racistas direcionados aos brasileiros. Na terça, em Corinthians x Boca Juniors, um argentino imitou macaco e foi detido pela PM. Foi solto após pagar fiança. (Veja abaixo)


No mesmo dia, torcedores do Bragantino foram alvos de ofensas  por parte de argentinos que torcem para o Estudiantes, em duelo entre as equipes. Em vídeo gravado na arquibancada é possível ouvir algumas das ofensas, como gritos de 'mono', que significa macaco, em espanhol. Os racistas também imitam o som de macaco. (Veja abaixo)

Na quarta-feira, torcedores do Palmeiras relataram ofensas racistas de um torcedor do Emelec, no duelo entre as equipes em Guayaquil. Em vídeo que circula nas redes sociais, um garoto com camisa do Emelec provoca os palmeirenses com xingamentos e ri quando é rebatido. (Veja abaixo)

O Flamengo, com a vitória nesta quinta-feira, no Chile, chegou a nove pontos em três jogos na Libertadores e lidera com folga o Grupo H. Na quarta-feira, a equipe enfrenta o Talleres, da Argentina, às 19h.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

mgid

mgid