Ticker

6/recent/ticker-posts

Paulo Sousa quebra silêncio no Flamengo e diz que não conversou com jornalistas antes de entrevista polêmica que criou crise


O técnico Paulo Sousa 
abriu o jogo nesta quinta-feira (19) sobre a polêmica criada entre ele e o goleiro Diego Alves, após a vitória do Flamengo sobre a Universidad Católica, pela fase de grupos da Conmebol Libertadores.

Na entrevista coletiva, Paulo Sousa foi questionado sobre o aproveitamento de Diego Alves, que está voltando de lesão, e deu resposta enfática direcionada ao antigo titular. Nesta quinta, o repórter da TV Globo Eric Faria noticiou que o treinador teria “encomendado” a pergunta sobre o goleiro para falar abertamente da situação do jogador no clube.

"Aqui os processos não são assim, os jogadores para jogar têm que treinar. E ele não treinou nenhum dia desde o jogo contra o Botafogo, por isso não podia estar relacionado", disse Paulo Sousa na coletiva.

"O Diego [Alves], após o jogo do Botafogo, onde fez o aquecimento, no dia seguinte ele reportou ao departamento médico dores no púbis um pouco dispersas. O departamento fez uma ressonância, temos que confiar no jogador. Nem tudo vai ter algo gráfico", completou.

Em nota oficial divulgada via assessoria, Paulo Sousa negou qualquer tipo de contato com jornalistas antes da entrevista coletiva e rebateu as acusações.

Veja a nota oficial na íntegra divulgada pela assessoria de Paulo Sousa:

O técnico do Flamengo, Paulo Sousa, diante dos fatos expostos pelo repórter Eric Faria, da TV Globo, no programa Seleção SporTV de hoje (19/05), gostaria de esclarecer os seguintes pontos:

Nunca teve nenhuma conversa pessoal com nenhum jornalista, seja através de aplicativos de mensagens ou ligação, apesar de receber vários pedidos diretos de profissionais dos mais diferentes veículos. Paulo Sousa nega com veemência a informação passada por Eric Faria de que teria “encomendado” algum tipo de pergunta a um repórter. O técnico lamenta que um profissional de um dos principais veículos de comunicação do país tenha, de modo leviano, sem ouvir todas as partes envolvidas, feito esse tipo de acusação. E não descarta a possibilidade de buscar o caminho da justiça caso não haja retratação pública.

Postar um comentário

0 Comentários