Novamente Gabigol ficou de fora de uma lista da seleção brasileira convocada por Tite. O jogador do Flamengo já não havia sido convocado para os últimos compromissos pelas Eliminatórias. De acordo com o jornalista da ESPN F90, Felippe Facincani, existe um atrito entre o jogador do Flamengo e o técnico.

"Conversando com algumas pessoas de circulação e com ligações de pessoal da CBF, o santo não bate! Ele é um jogador de difícil aceitação. Querer jogar, os 26 que vão para uma lista final, todos querem! Ninguém quer ir para uma Copa para ganhar o bicho e ir embora. Tem um momento de entender quem joga, quando você vai participar e quando se precisa ganhar a posição. Esse santo não bate. Não gostar (do Gabigol) é uma palavra forte, mas ele prefere levar outros jogadores que vão compreender mais as posições no momento em que se decidir por uma escalação diferente. É uma questão comportamental", disse.
De acordo com o jornalista, o atacante do Flamengo só recebeu oportunidades por "pressão popular", afinal estava vivendo um grande momento e a carência de goleadores no ataque do Brasil fizeram o ídolo rubro-negro ter oportunidades.
Neste momento, com a oscilação da equipe carioca, o crescimento de Matheus Cunha na Seleção, a volta de Richarlison e o momento incrível de Rodrygo, pelo Real Madrid, dificultaram bastante a vida de Gabigol.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

mgid

mgid