Braz afirma janela ainda maior do que a que trouxe Cebolinha e Vidal, e não esconde nome em foco


Na última janela de transferências, o Flamengo foi a equipe que melhor se reforçou no país. Com as chegadas de Vidal, Cebolinha, Varela e Pulgar, a equipe carioca se colocou, para muitos, como o melhor elenco do país. Em entrevista para o Coluna do Fla, Marcos Braz, vice-presidente de futebol do time, foi direto ao comentar o que pensa sobre a possibilidade de reforços e não esconde qual nome é o foco.

“Com certeza o Flamengo fará uma janela ainda mais forte. Sim, o nome do Oscar estará nessa pauta até quando for o retorno dele oficial para China. Deixar claro que ele tem dois anos de contrato, deixar claro que renovaram há pouco tempo. É dificílimo, é um jogador adaptado. Os chineses têm dificuldade enorme com os brasileiros e não foi o caso dele, que está desde 2017”.

“Grande (chave é o desejo), mas chega uma hora que o desejo tem limite. Ele mesmo disse que tem desejo, o Flamengo reitera. Não (se acertou salário). Nunca teve proposta encaminhada. O que tinha era o desejo do atleta. A gente só queria avançar após o sinal verde”.

Vale lembrar que Oscar foi uma das maiores novelas da última janela de transferências do futebol brasileiro. Buscando uma liberação da China para atuar no futebol brasileiro, o meia de 31 anos teve o nome vinculado ao Flamengo, mas o negócio não foi finalizado.
Postagem Anterior Próxima Postagem

Join