Presidente do Botafogo faz revelação bombástica envolvendo John Textor e atacante do Flamengo


Um dos principais destaques do Flamengo na temporada, Pedro teve um começo de ano difícil e chegou a receber uma proposta do Palmeiras. No entanto, não foi só o clube paulista que desejou comprar o atacante. De acordo com o presidente Durcesio Mello, logo em sua chegada ao Botafogo, John Textor sinalizou com a possibilidade de contratar o artilheiro rubro-negro.

"John Textor tentou comprar o Pedro. Ele estava visitando, tínhamos que conhecer o prefeito, governador e os três clubes do Rio. Já tivemos café da manhã com Eduardo Paes, com (Cláudio) Castro ainda não. Queria marcar encontro dele com os três, grandes figuras, Jorge Salgado, Mário Bittencourt e o Rodolfo Landim. Quando chegou, na primeira vez após assinar a SAF, Jorge Salgado não estava disponível, Mario estava na Colômbia, aí fomos ao Landim, à Gávea, um papo de duas horas", afirmou em entrevista ao canal “Resenha com TF.

Apesar disso, o presidente Rodolfo Landim se mostrou confiante de que Pedro daria a volta por cima no Flamengo. Atualmente o atacante é titular e voltou a receber oportunidades com Tite na seleção brasileira.

"Lá pelas tantas, ele fez um pedido: “bota preço no Pedro”. Landim desconversou e mudou-se o assunto. A conversa foi mais meia hora, ele falou que não esqueceu que o Landim não botou preço no Pedro. “Não, sei que ele não está sendo usado, mas está muito bem aqui e paguei 14 milhões de euros”, disse Landim, como se fosse assustar. A resposta do Textor foi “bota preço no Pedro”. Se ele mandasse 20 milhões de euros, pagava na hora. Mas Landim não quis colocar e virou história. Podia ser mais um jogador nosso na seleção brasileira", disse.
Postagem Anterior Próxima Postagem

Join