Ticker

6/recent/ticker-posts

Parça de Harry Kane é procurado pelo Flamengo e Braz recebe resposta positiva


O Flamengo está mirando reforços que cheguem para fazer a diferença. Não vai contratar apenas por questões de números, mas sim, de qualidade. É por isso que as negociações podem demorar um pouco mais até a oficialização dos acordos. O vice-presidente de futebol flamenguista, Marcos Braz, é quem está conduzindo essas tratativas.

Entre os nomes cogitados, muitos são realmente diferenciados. Talisca é o principal alvo do momento. Oscar era um sonho antes, mas os chineses jogam duro e não querem liberá-lo de forma alguma. Claudinho, ex-Red Bull Bragantino e atualmente no Zenit, também foi outro jogador sondado, mas os russos não aceitam emprestá-lo e o jogador também não quer acionar uma cláusula da FIFA para ser liberado.

Nesta sexta-feira (2), o setorista do Flamengo, Mauro Sant Aanna, trouxe uma exclusiva que deixou a torcida flamenguista empolgada. O repórter cravou a informação de que o Mais Querido está interessado na contratação do meia-atacante Lucas Moura, revelado pelo São Paulo e atualmente no Tottenham. Ele está sem espaço no clube inglês e, segundo a apuração do comunicador, aceita voltar ao Brasil. Os ingleses também facilitariam sua liberação sem custos.

“(...) O Flamengo está monitorando a situação do atacante Lucas Moura, jogador do Tottenham desde 2018. Apesar de ter contrato até junho de 2024, ele deseja voltar ao futebol brasileiro e acredita que tem muita lenha para queimar. Ele que atualmente está com 30 anos e, apesar de ainda ter contrato, os dirigentes ingleses pelo bom relacionamento que ele tem com a direção do clube, pode acontecer um acordo para sua liberação sem ônus (custos)”, disse Mauro Sant Anna:

“Tottenham não dificultaria a saída de Lucas Moura já no final desta temporada e, por isso, ele cogita sim voltar ao Brasil. (...) Fato é que o Flamengo acompanha essa situação. (...) O Salário do Lucas Moura é considerado abusivo para o São Paulo, ele recebe R$ 2,2 milhões. São Paulo não tem condição de pagar metade disso, mas o Flamengo poderia fazer uma proposta mais vantajosa (...)”, concluiu.