Ticker

6/recent/ticker-posts

Vítor Pereira explica Marinho na lateral-esquerda e pede calma à torcida do Flamengo


O Flamengo empatou com o Madureira em 0 a 0, pela segunda rodada do Campeonato Carioca. O Rubro-Negro tentou o gol desde os primeiros minutos, mas saiu vaiado do Estádio Kléber Andrade, em Cariacica-ES. Na coletiva, o técnico Vítor Pereira pediu calma à torcida, além de ter explicado a opção por Marinho na lateral-esquerda, muito criticada nas redes sociais. 

O português explicou que a equipe começou os trabalhos há pouco tempo e, por isso, ainda não possui o ritmo de jogo para estar em alto nível de três em três dias. Vítor citou que Ayrton Lucas estava desgastado e, por essa razão, optou por Marinho.

- Vamos ter que arriscar mais uma vez. É a única forma de darmos ritmo de jogo. Ainda mais cansados, mas vamos ter jogar para adquirirmos ritmo, para adquirirmos tempo de jogo. Depois vou ter que desacelerar para chegar fresco contra o Palmeiras. Próximo jogo será com time principal - disse, antes de completar:

- O Marinho na esquerda foi pelo fato do Filipe Luís estar fora, pela fato do Ayrton ainda estar em dificuldades e para evitar lesões. Optamos por Marinho bem aberto. É rápido para buscar os cruzamentos. Tentou fazer bem. No momento, estamos condicionados pois o Filipe Luís não está - analisou.