Claudinho é banido da Seleção: Juninho revela motivo em entrevista

Cassia Marinho

Em entrevista exclusiva ao GE, Juninho Paulista, ex-jogador e diretor de Desenvolvimento da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), revelou um episódio que resultou no afastamento do meia Claudinho da Seleção Brasileira e pode impactar sua participação na próxima Copa do Mundo. O dirigente relatou que durante a convocação de setembro de 2021, Claudinho e seu companheiro de clube, Malcom, ambos atuando pelo Zenit, foram obrigados a retornar ao clube russo devido a jogos importantes pela Champions League.

Na ocasião, os jogadores se apresentaram à Seleção para os jogos das Eliminatórias, mas o Zenit exigiu seu retorno para os confrontos contra o Chelsea. Como o retorno ao Brasil implicaria em uma quarentena de 10 dias, os atletas acataram a decisão do clube e deixaram a delegação brasileira, o que não foi bem recebido por Juninho Paulista.

Em suas palavras, o dirigente expressou sua insatisfação com a atitude dos jogadores, destacando que conversou diretamente com eles e seus empresários. Juninho mencionou a pressão imposta pelo Zenit, que teria sido desumana e envolvido ameaças de rescisão de contrato, mas ressaltou sua decepção com a escolha de abrir mão da Seleção Brasileira.

Além de Claudinho, Juninho também citou o caso do zagueiro Gabriel Magalhães, do Arsenal, que ficou de fora dos planos da Seleção ao optar por acompanhar o nascimento de seu filho em vez de participar dos confrontos contra Bolívia e Chile.

continue lendo

#buttons=(Aceitar!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais
Accept !