Flamengo aciona a CBF após 'assalto' no jogo contra o Palmeiras

Cassia Marinho

Flamengo vai à CBF reclamar de polêmicas e erros no jogo contra o Palmeiras

cado por polêmicas e erros de arbitragem que geraram revolta no lado rubro-negro. Segundo informações do GE, a alta cúpula do Flamengo planeja ir à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nos próximos dias para fazer reclamações oficiais sobre dois lances cruciais que prejudicaram o Mengão no empate em 1 a 1.

O primeiro lance controverso refere-se a um possível pênalti em Everton Ribeiro. Aos 32 minutos do segundo tempo, o camisa 7 do Flamengo recebeu uma bola por cima da zaga e seguia em direção ao gol, quando foi claramente deslocado pelo volante colombiano Richard Ríos, do Palmeiras. No entanto, a arbitragem não assinalou a falta, mesmo com a possibilidade de revisão pelo VAR.

Em seguida, aos 36 minutos, ocorreu um grave erro de protocolo do VAR. Rony recebeu um lançamento de Raphael Veiga, avançou em direção ao gol e marcou o gol para o Palmeiras. No entanto, o bandeirinha já havia assinalado impedimento antes do chute, o que invalidaria o lance. Apesar disso, o VAR foi consultado, causando indignação por parte dos jogadores do Flamengo. Por sorte, a decisão inicial de impedimento foi mantida, mas o erro de protocolo ficou evidente.

Além das polêmicas relacionadas à arbitragem, o Flamengo também reclama do uso de gás de pimenta durante a partida. Essa situação gerou incômodo aos jogadores rubro-negros, que consideram que esses acontecimentos influenciaram negativamente o andamento do jogo.

continue lendo

#buttons=(Aceitar!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais
Accept !