Flamengo: Recorde histórico de finais mostra equilíbrio entre jogos em casa e fora de casa

Cassia Marinho

O sorteio da CBF definiu que o Flamengo vai decidir a classificação para a final jogando dentro de seus domínios. Assim, o jogo de ida será no Rio Grande do Sul, na casa do Grêmio, enquanto a volta acontece no Maracanã. No entanto, isso provocou uma falácia que se proliferou de forma rápida nas redes sociais. Os rivais começaram colocar o choro para fora descontentes com o sorteio. Assim, alegando que o Mais Querido sempre decide em casa e colocando em xeque a integridade do sorteio.

Alguns rivais se utilizaram do argumento de que nos últimos nove sorteios da CBF, o Mengão jogou a segunda partida em casa em oito oportunidades. No entanto, contando apenas de 2018 em diante. Até porque se fossem além, a narrativa cairia por terra, já que de 2017 para trás o Mais Querido levou a pior nos sorteios outras oito vezes consecutivas.

No entanto, o equilíbrio é ainda maior quando olhamos todo o histórico. Desde a criação da Copa do Brasil, em 1989, o Flamengo esteve em fases importantes, ou seja, das oitavas em diante, por 73 ocasiões. Em 34 oportunidades, o Mengão decidiu fora de casa. Outras 39 vezes, contando já com a atual semifinal contra os gaúchos, foram decididas em casa. Ou seja, 53,4% das vezes, a decisão aconteceu em casa, enquanto 46,6%, fora.

Datas de Flamengo x Grêmio

continue lendo

#buttons=(Aceitar!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais
Accept !