Técnico Jorge Sampaoli revela os fatores por trás da queda de rendimento do Flamengo no segundo tempo

Cassia Marinho

 Flamengo e Fluminense empatam no Maracanã e Jorge Sampaoli analisa o confronto: entenda os detalhes

Em mais um clássico carioca eletrizante, Flamengo e Fluminense se enfrentaram no Maracanã pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo foi marcado por muitas emoções, interferências do VAR e chances de gol para ambos os lados. No entanto, as equipes não conseguiram balançar as redes e o placar final ficou em 0x0.

Após o apito final, o técnico Jorge Sampaoli concedeu uma entrevista coletiva e analisou o confronto. O treinador argentino destacou que o Flamengo teve um bom desempenho no primeiro tempo, pressionando o Fluminense e levando perigo ao gol adversário. No entanto, Sampaoli ressaltou que a equipe rubro-negra sentiu o ritmo de jogo na segunda etapa.

"Penso que fizemos um primeiro tempo de muita exigência física, empurramos o Fluminense contra o gol deles. Mas no segundo tempo sentimos um pouco esse ritmo de pressão. Os ajustes de pressão eram diferentes, e eles conseguiram sair da nossa pressão", explicou Sampaoli.

O técnico também mencionou a mudança tática promovida pelo Fluminense, que trouxe dificuldades para o Flamengo. A entrada de Lelê nas pontas do time adversário causou problemas defensivos e obrigou o Rubro-Negro a fazer ajustes na estrutura tática.

continue lendo

#buttons=(Aceitar!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais
Accept !