Arrascaeta surge como última esperança do Flamengo na luta por oportunidades de gol

Cassia Marinho

**"Crise Profunda: Flamengo Luta Desesperadamente para Criar Chances de Gol em Meio a Sequência Negativa"**

No cenário do futebol brasileiro, um dos clubes mais renomados e de maior torcida, o Flamengo, está passando por uma fase inacreditavelmente ruim. O time rubro-negro conseguiu a proeza de somar apenas sete grandes chances criadas nos últimos sete jogos, e a seca de gols está se tornando uma mancha na sua história.

Nas três últimas partidas, algo ainda mais surpreendente aconteceu: nenhuma chance foi criada e nenhum gol foi marcado. O jogo de ida da final da Copa do Brasil foi um desses momentos sombrios. Uma equipe que costumava ser sinônimo de gols e espetáculo agora se encontra em uma encruzilhada.

A sequência de partidas sem gols é a mais longa desde o início de 2016, quando o Flamengo passou quatro jogos sem balançar as redes adversárias. O desafio é ainda maior porque, para vencer a Copa do Brasil no tempo normal, o Flamengo vai precisar marcar pelo menos duas vezes. Uma tarefa que parece quase impossível no atual contexto.

Curiosamente, a esterilidade do ataque rubro-negro coincide com a ausência de um jogador crucial: Giorgian De Arrascaeta. O talentoso uruguaio se lesionou na partida contra o Internacional, último jogo no qual o Flamengo criou mais de uma chance clara (foram 2 chances naquele jogo). Nos dois jogos anteriores, contra Grêmio e Coritiba, Arrascaeta deixou sua marca com gols valiosos.

O técnico Jorge Sampaoli expressou preocupação com a falta de assistência no time, apontando que Arrascaeta normalmente é o jogador com mais capacidade para isso. A ausência do uruguaio está sendo profundamente sentida, e a esperança está voltada para seu retorno iminente.

Nos últimos quatro jogos, a situação se deteriorou ainda mais, com apenas uma grande chance criada e dois gols marcados - tudo isso em uma vitória suada por 2 a 1 sobre o Botafogo. Contra Athletico, São Paulo e Goiás, o Flamengo não apenas falhou em marcar gols, mas também em criar oportunidades claras de gol.

Para contextualizar o quão ruim é esse momento do Flamengo, é preciso olhar para o rival Vasco, que está lutando para evitar o rebaixamento no Brasileirão. Em apenas um jogo, o Vasco ultrapassou o Flamengo. Na última quinta-feira (21), o Vasco venceu o Coritiba por 5 a 1 e criou oito grandes chances de gol - mais do que o Flamengo criou nos últimos sete jogos combinados.

Aqui está a lista das grandes chances do Flamengo por partida, de acordo com dados do Sofascore:

- Flamengo 1x0 Grêmio: 2 grandes chances criadas

- Coritiba 2x3 Flamengo: 2 grandes chances criadas

- Flamengo 0x0 Internacional: 2 grandes chances criadas

- Botafogo 1x2 Flamengo: 1 grande chance criada

- Flamengo 0x3 Athletico: Nenhuma grande chance criada

- Flamengo 0x1 São Paulo: Nenhuma grande chance criada

- Goiás 0x0 Flamengo: Nenhuma grande chance criada

Com a Copa do Brasil em jogo e o Brasileirão seguindo, o Flamengo enfrenta um dilema complexo. Enquanto a torcida anseia pelo retorno de Arrascaeta e um renascimento do ataque, o clube precisa reverter essa fase ruim e recuperar seu lugar de destaque no futebol brasileiro. A jornada promete ser árdua, mas os corações rubro-negros permanecem esperançosos por uma reviravolta.

#buttons=(Aceitar!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais
Accept !