Um homem foi preso temporariamente depois de tentar estuprar um menino de 10 anos em um vestiário do Clube do Flamengo, na Gávea, Zona Sul do Rio, na última quarta-feira. A informação foi divulgada pelo jornal "Extra". Sergio Paes Fernandes teria se dirigido á criança, que estava tomando banho, balançando suas partes íntimas, de acordo com as investigações da 14ª DP (Leblon).

O homem teria corrido atrás do garoto e, segundo o pai do menino, o pior só não aconteceu pois outro sócio do Flamengo entrou no vestiário e distraiu o infrator. Após a situação, a babá contou à polícia que encontrou o menino em estado de choque e chorando. O Flamengo se pronunciou sobre o acontecimento:

- O clube prestou apoio à família do menor, fez contato telefônico com o Ministério Público, onde obteve instruções do que deveria ser feito, passou todas as instruções e documentos pertinentes para o pai do menor. Da mesma forma, está dando apoio à polícia em tudo o que ela precisa. O clube está acompanhando o desenrolar do processo e, administrativamente, com base no seu estatuto, suspendeu o acesso do acusado em suas dependências até que seja julgada a questão - informou o Flamengo.

O pai da criança procurou a delegacia, que na sequência mandou policiais aos endereços do agressor. No entanto, como informou a juíza Luciana de Oliveira Leal Halbritter, eles ainda não obtiveram sucesso para encontrar o homem.

- Os requisitos da prisão se mostram presentes. O perigo da demora conduz a decretação da prisão, tendo em vista que o menor e seu agressor frequentam o clube, e já foi o mesmo alertado de que vem sendo procurado para ser intimado a depor, estando, ademais, em local incerto e não sabido, não localizado em qualquer dos seus endereços conhecidos - declarou.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

mgid

mgid