Camisa 7, jogando na sua, acerta ao finalizar jogada que definiu a partida ao preferir o chute em relação a uma tentativa de passe para Gomes ou Arrascaeta, que davam opção.


Everton Ribeiro [MEI]

Na sua, pela direita, e favorecido pelo 4-4-2 que aproximou os quatro mais criativos rubro-negros, Everton Ribeiro sobrou. Acertou um chute de fora da área no primeiro gol e foi ainda mais certeiro em seu segundo gol. Tinha opção de passe para Gomes e Arrascaeta, mas acreditou em si e chutou forte no canto do goleiro. Atuação para recuperar moral.
Nota: 8,5

Santos [GOL]

Sua entrada no time melhorou demais a saída de bola. Saiu-se bem tanto nos passes curtos quanto nos lançamentos longos. Debaixo da trave, mostrou-se seguro quando exigido e teve sorte em bola que poderia resultar num frango. Boa estreia.
Nota: 6,5

Thiago Maia [VOL]

Um dos investimentos feitos pelo Flamengo no ano, o volante errou praticamente tudo que tentou, principalmente passes simples. No terceiro gol do Flamengo, safou-se de armar um contra-ataque com um erro de passe grave. João Gomes, que mais uma vez jogou muito e levou nota 8,0, o salvou e iniciou a jogada. Destoou.
Nota: 4,0



As notas:

Santos [GOL] - 6,5
Willian Arão [ZAG] - 6,0
David Luiz [ZAG] - 6,0
Filipe Luís [LAE] - 6,0
(Léo Pereira [ZAG] - 6,0)
Matheuzinho - 5,0
(Rodinei [LAD] - 4,0)
Thiago Maia [VOL] - 4,0
(Andreas Pereira [VOL]) - 5,0
João Gomes [VOL] - 8,0
Arrascaeta [MEI] - 8,0
Everton Ribeiro [MEI] - 8,5
Bruno Henrique [ATA] - 7,5
(Marinho [ATA]) - 5,5
Gabigol [ATA] - 7,0
(Pedro [ATA]) - 5,5


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

mgid

mgid