Ticker

6/recent/ticker-posts

Jorge Jesus cogita deixar Fenerbahçe antes de fim do contrato para assumir Seleção Brasileira


A Seleção Brasileira foi eliminada pela Croácia nas quartas de final da Copa do Mundo do Catar. Tite confirmou o que já havia dito antes da competição e anunciou que não permanecerá como treinador da Canarinho. A CBF, a partir de então, começa a avaliar novos nomes para o cargo e a preferência é por estrangeiro. Jorge Jesus, ex-Flamengo, é um dos pretendidos e quer assumir a pentacampeã do mundo.

Jorge Jesus cogita deixar o Fenerbahçe (TUR) antes do término de contrato, que se encerra em maio de 2023, para se tornar técnico do Brasil. Isso porque, o treinador português tem o sonho de comandar a Seleção Brasileira. A informação foi divulgada inicialmente pelo jornalista Diogo Dantas, do jornal O Globo.

Essa, aliás, não é a primeira vez que Jorge Jesus é cogitado para assumir a Seleção Brasileira. Depois que o Brasil perdeu a Copa América de 2021 para a Argentina, Tite ficou ameaçado no cargo, e o ex-treinador do Flamengo passou a ser o preferido na Amarelinha. Porém, a Confederação preferiu não mexer no comando técnico um ano antes da Copa do Mundo.

O ex-treinador do Flamengo e atual do Fenerbahçe é bem avaliado nos bastidores da CBF, por conta da passagem no Rubro-Negro. Jorge Jesus ficou no Mengão de 01 de junho de 2019 a 17 de julho de 2020, ou seja, 13 meses, e conquistou cinco títulos: Libertadores (2019), Campeonato Brasileiro (2019), Supercopa do Brasil (2020), Recopa Sul-Americana (2020) e Carioca (2020).

Jorge Jesus não só ganhou cinco troféus, como perdeu somente quatro partidas, empatou 10 jogos e ganhou 44 confrontos, tendo incríveis 81,6% de aproveitamento no comando do Flamengo. Além disso, o futebol apresentado pelo Rubro-Negro com o português, para muitos, foi o melhor já visto no Brasil no século XXI.

A CBF, porém, ainda analisa se irá investir ou não em Jorge Jesus para assumir o comando técnico da Seleção. Além do ex-Flamengo, a Confederação estuda Abel Ferreira, do Palmeiras, e Luís Castro, do Botafogo, como boas opções substituir Tite na Canarinho.