Ticker

6/recent/ticker-posts

Jornal espanhol trava 'briga' com a Nação ao falar de Vini Jr


A Seleção Canarinho deu show na Copa do Mundo nesta segunda-feira (5) e dois rubro-negros ajudaram a abrilhantar a festa. Vinícius Júnior e Lucas Paquetá não só marcaram gols na goleada de 4 a 1, eles também ajudaram a servir os companheiros de equipe na vitória maiúscula nas oitavas de final. A dupla, que impressiona o planeta com jogadas bonitas e dancinhas pelo Brasil, aprenderam tudo o que sabem no Flamengo.

Formados nas categorias de base do Mengão, os dois chegaram a atuar juntos pelo time de coração. O canarinho adquirido pela torcida rubro-negra é tanta que eles conseguiram atrair os olhares até de quem carregava uma certa resistência. Além de calarem os críticos que duvidavam do potencial de Vini e Paquetá, as crias da Gávea também motivaram flamenguistas que não viam os jogos da Seleção a torcer pelo Brasil na Copa do Mundo. Porém, o jornal As, da Espanha, deu o mérito ao Real Madrid na formação do atacante.

“Isso ele não trouxe do Flamengo, estudou em Madri, onde lhe ensinaram que para chutar é melhor mirar primeiro", escreveu o jornal AS.

Nas redes sociais, o carinho por Vinícius Júnior e Lucas Paquetá é amplamente exposto pela Nação. Primeiro, o próprio Clube fez questão de evidenciar as raízes dos craques. Famosos pelas comemorações, a página oficial do Flamengo lembrou da vez que os dois tentaram ensinar o ídolo Zico a mandar o passinho. Além das várias publicações da torcida, a galera ainda lembrou que há apenas cinco anos eles ainda davam os primeiros passos para o futebol no Rio de Janeiro.

Na Europa, os dois atuam em grandes centros do futebol mundial. Enquanto Vini Jr veste a camisa merengue do Real Madrid, Paquetá joga pelo inglês West Ham. Por não jogar ainda na Champions League, os internautas defendem que o meio-campista poderia trocar a equipe britânica por um gigante do Velho Continente. No meio dessa discussão, os Galáticos aparecem como uma opção, segundo os torcedores, levar Lucas.