anúncio


Com o
 jogo diante do Goiás, Gabigol completou cinco jogos em branco pelo Flamengo no Campeonato Brasileiro. Nenhum gol ou assistência em cinco partidas.

É a primeira vez que isso acontece vestindo rubro-negro. São 7 horas, 54 minutos e 26 segundos (474 minutos) sem balançar as redes na competição. O último gol foi sobre o São Paulo, na vitória por 3 a 1, pela segunda rodada do Brasileirão.

Contra o Goiás, o camisa 9 jogou em uma função um pouco diferente, muitas vezes mais armador do que finalizador, e teve uma atuação de destaque, com direito a elogios do técnico Paulo Sousa. Ele foi escalado junto com Bruno Henrique e Pedro, o responsável por ficar mais à frente, centralizado.

O jejum do atacante na competição não se repete desde 2015, quando ainda atuava pelo Santos. O atacante ficou sem marcar ou dar assistências também por cinco partidas consecutivas: entre as rodadas 29 e 35 daquele ano (ele foi desfalque do Peixe nas rodadas 31 e 32). Voltou a marcar na 38ª rodada (também não jogou pelo Santos nas rodadas 36 e 37) diante do Athletico-PR. Encerrou o jejum com maestria, com dois gols e duas assistências na goleada por 5 a 1.

Desde o fim do jejum pelo Santos em 2015, foram 121 partidas pelo Campeonato Brasileiro até o início da seca atual, no empate em 0 a 0 contra o Palmeiras. Veja a lista:

Além dos 409 minutos acima, Gabigol marcou aos 24 minutos do primeiro tempo contra o São Paulo e foi substituído aos 41 minutos do segundo tempo daquele jogo. Com os 65 minutos desde o gol, Gabriel Barbosa completou 474 minutos sem marcar no torneio.

Apesar dos jogos em branco pelo Flamengo no Campeonato Brasileiro, Gabriel tem moral de sobra na competição. Artilheiro do Brasileirão de 2019 com 25 gols, o camisa 9 rubro-negro marcou por incríveis 11 jogos consecutivos (14 gols no total), entre as rodadas 9 e 21. Ele foi desfalque nas rodadas 13 e 14 por lesão no músculo posterior da coxa esquerda.

Além disso, Gabriel ainda tem chance de buscar o top-5 de maiores artilheiros do Campeonato Brasileiro nos pontos corridos. Ele é o 8º maior goleador atualmente, com 94 gols - 52 pelo Flamengo e 42 pelo Santos.

quinto colocado da lista é o centroavante Alecsandro, que tem 101 gols no torneio. O topo do ranking de artilheiro do Brasileirão desde 2003 é do atacante Fred, com 157 gols: Fluminense (101), Cruzeiro (32) e Atlético-MG (24).

Para encerrar o jejum e buscar subir posições no ranking histórico, Gabigol terá o Fluminense (uma de suas principais vítimas no Flamengo) no próximo domingo, no Maracanã.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio tt